terça-feira, 13 de junho de 2017

Botas, como usar?

Ideais para proteger os pés nos dias mais frios, as botas estão sempre presentes nas coleções de inverno e a gente ama. São práticas e versáteis e fazem parte da linha informal da moda, ou seja, não devem ser usadas em ocasiões onde o convite peça traje social..

Mas como usá-las?

É preciso tomar cuidado afinal, cada bota tem sua personalidade e pode favorecer as partes do seu corpo que você mais deseja esconder.

O tamanho do cano da bota é muito importante pois, modelos que param sobre a região mais larga da perna só aumenta a proporção, ou seja, alargam a região.

Looks monocromáticos, ou seja, de uma só cor, dão a ilusão de uma figura mais longilínea, portanto, usar botas da mesma cor que a roupa é o ideal para as mais baixinhas.

As botas de cano curto surgem associadas à tendência conforto e são sempre o hit da estação.

Último (e importante) detalhe: botas, de salto alto ou baixo, não são indicadas para casamentos, recepções oficiais ou ocasiões em que o convite pedir traje passeio completo ou social.















sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

O passarela política de Pradal Gurung

E as passarelas do NYFW, claro, também viraram palco de protestos contra as ações do novo presidente dos EUA.

'Girls just want to have fundamental rights' ("Garotas só querem ter direitos fundamentais", na tradução para o português) ou 'We will not be silenced' ("Nós não vamos ser silenciadas") eram frases inscritas em t-shirts do designer de Singapura, Prabal Gurung, que mora em Nova York e estreou 2009. 
Cada modelo expôs uma mensagem escrita na roupa defendendo a diversidade, a inclusão ou pregando o ativismo.

Quando escolhemos um roupa, tentamos exteriorizar nela aquilo que queremos mostrar ao mundo, a maneira como nos vestimos é uma forma muito importante de demonstrar nossa identidade, uma camiseta com mensagens escritas é a mais eficaz delas. 
Pradal Gurung conseguiu passar sua mensagem para o mundo.

















Baile da Vogue 2017

E o famoso baile de carnaval da Vogue Brasil aconteceu ontem, no Hotel Unique em São Paulo.

O tema era Lady Zodiac, ou seja, os signos do Zodíaco.
E as escolhidas para representar cada signo foram as tops Ana Beatriz Barros e Fernanda Motta (gêmeos), a cantora Vanessa da Mata (aquário), e as atrizes Giovanna Antonelli (peixes), Mariana Ximenes (touro), Bruna Marquezine (leão), Cleo Pires (libra), Taís Araújo (sagitário) e Claudia Raia (capricórnio). 

Eu adorei alguns looks e outros, como o de Anitta, que se apresentou no baile, eu sinceramente não gostei. O look era de Amir Slama e eu realmente acho que uma cantora que virou símbolo brasileiro (não para mim, que fique claro, rs...), deveria usar looks mais elegantes, afinal, dá para ousar e ser sexy sem ser vulgar. Inclusive acho que fui muito sutil nesse comentário. 

Aqui estão alguns dos looks que mais se destacaram na noite do carnaval mais fashion do Brasil. Tirem suas próprias conclusões...































segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Assimetria nas Passarelas do inverno 2018 da NYFW

Peças assimétricas, que propõem a quebra da rigidez, são tendências nas passarelas do NY Fashion Week.

Segundo a Vogue Brasil, elas apareceram em tops decorativistas (como na Cushnie et Ochs), decotes de ombro só (Jason Wu e Hellessy), camisas (Milly) e blazers desconstruídos (V Files) e também nas barras dos vestidos (Area e Nicholas K).









Fotos Imax